Aqui no Vale das Araras as questões relativas à sustentabilidade foram consideradas desde o projeto até a prestação dos nossos serviços. Como reconhecimento pela adoção de práticas sustentáveis, recebemos do Guia 4 Rodas a classificação de “pousada sustentável”, que em sua última edição conta com menos de 100 pousadas com esta classificação.

O que fizemos e o que fazemos:

No projeto, a definição dos locais de construção buscou minimizar a necessidade de deslocamento de solo para aterros. O posicionamento de portas e janelas foi definido visando garantir a privacidade dos hóspedes ao mesmo tempo que permite a ventilação natural dos ambientes e a utilização máxima da luz natural. Durante a construção todo o entulho gerado foi utilizado como material para aterro e nenhuma árvore teve que ser derrubada.

Em nossas operações a preocupação é com o consumo de recursos e geração de resíduos.

Reduzir o consumo de água é prioridade. No interior dos chalés incentivamos nossos hóspedes a economizar esse recurso precioso através de mensagens de conscientização e oferecemos a opção de nos informar sobre a necessidade de substituição das roupas de cama e de banho. Além disto, todos os sanitários são equipados com sistemas de descarga de baixo consumo.

Após o seu uso, as águas residuais são encaminhadas para fossas sépticas com duplo estágio de depuração, garantindo que o efluente residual não contamine o solo.

Ainda com relação ao uso da água, nossos jardins, pomar e horta são equipados com sistemas de irrigação que minimizam o consumo. Como parte de nossa política de economia de água, nos jardins apenas as plantas ornamentais recebem irrigação enquanto que os gramados percorrem seu ciclo natural e “hibernam” durante a estação seca.

Economizar energia também é fundamental. O sistema elétrico da pousada foi dimensionado para evitar perdas decorrentes de aquecimento de condutores. Todo o sistema de iluminação é equipado com lâmpadas fluorecentes e a iluminação externa é controlada por um temporizador, sendo desligada automaticamente em horários pré-estabelecidos. Além disto, os chuveiros dos chalés contam com aquecimento solar.

Mas não basta apenas reduzir o consumo, temos que dar tratamento adequado aos resíduos. Um cuidado especial é dispensado ao lixo para minimizar a quantidade a ser disposto no sistema de coleta do município. Todo o material reciclável é separado na origem, sendo que os hóspedes são incentivados a separar o lixo em lixeiras exclusivas existentes em cada chalé. Inicialmente o material reciclável que pode ser reaproveitado é separado para depois incorporar peças de decoração, canteiros de horta ou vasos para mudas. O restante do material reciclável é doado para cooperativas ou associações de catadores. Todo resto orgânico oriundo do preparo de alimentos e os restos de comida são utilizados para alimentação das galinhas e no preparo de composto utilizado na adubação de jardins e da horta.

Atenção especial é dada à destinação do óleo vegetal usado na cozinha. Todo o óleo é recolhido, filtrado e utilizado no preparo de sabão e detergente líquido, suprindo totalmente a demanda da pousada. Além de economizar na aquisição de produtos industrializados, a utilização destes produtos “caseiros” causa menos impacto no funcionamento das fossas sépticas.

Também incentivamos nossos hóspedes a praticar o consumo consciente. Como a maior parte do lixo reciclável gerado na pousada é composto por garrafas PET, principalmente as de água, disponibilizamos um filtro de água na recepção para que as garrafas possam ser reabastecidas.

O consumo consciente também está presente no processo de suprimento da pousada. Parte das frutas, verduras e ovos consumidos na pousada são de produção própria, totalmente orgânica, garantindo a qualidade dos alimentos servidos. Buscamos, sempre que possível, produtos locais ou aqueles comercializados em embalagens com maior quantidade para que se reduza o consumo de materiais descartáveis.

Para que todas estas ações façam parte do cotidiano é fundamental que os colaboradores estejam totalmente envolvidos no processo. Para garantir o envolvimento, um trabalho de conscientização e treinamentos específicos são realizados periodicamente. Outra atividade voltada a integração dos colaboradores é o “Dia de Hóspede”. Nestes dias os colaboradores usam dos serviços da pousada como se fossem hóspedes. Além de integrar a equipe, esta ação acaba trazendo como principal retorno um maior entendimento da importância de cada um no desempenho de suas funções e como elas podem afetar positivamente a experiência do hóspede. O pagamento da taxa de serviço, uma opção sugerida aos hóspedes no encerramento da conta, funciona como indicador da qualidade dos serviços prestados aos hóspedes. O total arrecadado é dividido igualmente para todos os colaboradores e serve como estímulo para a melhoria contínua. Vale lembrar que nossa força de trabalho é constituída exclusivamente por pessoas da comunidade local.

Outro compromisso assumido em direção da sustentabilidade foi a criação, em julho de 2005, da Reserva Particular do Patrimônio Natural Vale das Araras. Por ser tão importante, dedicamos uma seção de nosso site exclusivamente para a RPPN, veja mais informações sobre a reserva em Preservação

Visando aumentar a área preservada e, consequentemente, garantir a manutenção da fauna local, mantemos um viveiro onde são produzidas as mudas utilizadas na implantação de sistema de agrofloresta. Trabalhamos principalmente com espécies frutíferas e lenhosas do cerrado e distribuímos estas mudas nas áreas anteriormente destinadas a pastagens. Nosso viveiro também produz a maioria das mudas de plantas ornamentais utilizadas no paisagismo da pousada.

Estamos à sua disposição para esclarecer dúvidas e fornecer mais informações sobre nossas ações de sustentabilidade.

Você faz parte disto também!

Faça turismo responsável: procure sempre empresas legalmente constituídas e escolha aquelas que tenham compromisso com o meio ambiente e com a comunidade onde estão inseridas.